Calabar: O elogio da traição

Publicado: 17 de junho de 2010 em Literatura, Livros

Esse é o título da peça musicada escrita em 1973 por Chico Buarque e Ruy Guerra, que depois foi transformada em livro.

A peça trata do episódio histórico da invasão holandesa ao Brasil, no século XVII, e expõe a trajetória do Comandante Mathias de Albuquerque para capturar Domingos Fernandes Calabar, quem preferiu tomar partido ao lado dos holandeses, traindo, assim, a coroa portuguesa. Nesse contexto, um Brasil colônia enlameado se transforma em uma arena onde os personagens da trama mascaram-se na pele de palhaços maquiavélicos para destilar o seu humor.

Na história, Calabar passa de um simples comerciante que visava apenas o lucro – e por isso resolve ficar ao lado dos holandeses – a herói que trai a coroa regente e os colonos brasileiros em busca não do ganho pessoal, mas de melhorias para o povo brasileiro.

A peça foi dirigida por Fernando Peixoto e foi considerada uma das mais caras produções da época, já que custou cerca de 30 mil dólares e empregou cerca de 80 pessoas. Como a peça é musicada, alguns dos maiores sucessos de Chico Buarque estão presentes nela e no livro, como “Não existe pecado ao sul do Equador”, “Anna de Amsterdã” e “Bárbara”.

O bom mesmo é ler o livro escutando as músicas do Chico Buarque e ficar só imaginando como deve ser a peça encenada de verdade:

“E se vocês rirem de mim,

Se eu for alvo de chacotas e chalaças,

Se for ridículo na jaqueta de veludo

Ou nas ceroulas de brim,

Ou porque falo tanto de caganeira e bacalhau,

É com pensarem duas vezes, porque, ainda mesmo assim,

Com lombrigas dançando dentro da barriga,

Com a Holanda, a Espanha e toda a intriga,

Eu sou aquele que, custa o que custar,

Acerta o laço e tece o fio

Que enforca Calabar.”

Bises. :*

Naine.

Anúncios
comentários
  1. Confesso… Ana de Amsterdam cantando Bárbara foi a coisa mais tensa e sedução de todas.
    Maaaaaaaaaas, ainda prefiro A Ópera do Malandro e o Max ao Calabar. =)
    Beijos Cicciolina do meu coração. -Q

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s